Esterilização de produtos hospitalares

ESTERILIZAÇÃO

A esterilização é um dos processos mais importantes dentro de um protocolo de cuidados e segurança em procedimentos hospitalares. Realizar a esterilização com base em parâmetros previamente validados é o meio de assegurar a efetividade do processo e a certeza quanto a inativação dos microrganismos indesejáveis.

O pós esterilização é a parte complementar ao processo de esterilização e considerado de extremo valor para manter o produto estéril. As condições ambientais de estocagem, selagem ou dobra do material, condições do equipamento utilizado para esterilização, cuidados de transporte e manuseio até o momento do uso do artigo, são quesitos que devem ser pontuados dentro de um processo de validação e por serem específicos para cada hospital, não é possível desenvolver uma única validação que atenda as diversas realidades encontradas em cada estabelecimento de saúde.

Para realização desse processo, separamos algumas dicas:

Faça a validação por tipo de embalagem de esterilização, lembrando que os Wraps para Esterilização Polar Fix, devem ser validados por gramatura;

Para o processo de validação, estabeleça o local de armazenamento dos artigos, levando em consideração o fluxo de pessoas no local, facilidade de limpeza, temperatura, umidade e demais fatores que considere importante para manter os materiais seguros à contaminação externa e que gere menos impacto na manutenção da esterilidade;

Antes de iniciar o processo de esterilização, verifique se o equipamento está calibrado e qualificado para operar;

Estabeleça os pontos críticos do processo e tenha sempre uma margem de segurança ao resultado estipulado;

A validação do processo de esterilização, oferece segurança e confiabilidade na cadeia de atividades posteriores ao uso desses materiais, uma atividade essencial nas CMEs.

Por isso, cada hospital deve validar o seu tempo de prateleira, dentro da sua realidade.

Esterilização
Linha de Produtos

en-us